Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A profecia

No fim de 2007 o Governo Federal lançou o PAC da habitação e saneamento, projeto que almejava realizar obras em 375 municípios do país. Agora, em 2009, leio que aqui em Curitiba, das 2612 unidades de habitação prometidas, apenas 221 estão concluídas. A previsão para a conclusão: março de 2010. Engraçado: ano de eleição. Dilma terá o que falar, e o candidato do PMDB para governador também.

Mas algo ainda mais engraçado, que acabei deixando de comentar aqui no blog: a crise que o senado passou, nos últimos meses. Me refiro a toda a briga entre Sarney, Suplicy, etc. Nosso querido coronel Sarney, que tinha 11 processos no Conselho de Ética, foi absolvido de todos. Inclusive pelos membros do PT, já que 2 deles votaram a favor do coronel. Mas é de se entender, pois antes um país corrupto do que falta de aliança política em ano de eleição.

Após absolver também o líder do PSDB, Arthur Virgílio, que possuia um processo no citado Conselho, os senadores olharam ao seu redor e, em uma epifania estética, decidiram trocar o forro do plenário e retocá-lo, ao preço módico de 12 milhões de reais.

Nada melhor que um senador para definir o momento - "O Senado não está em crise. A crise é o Senado", como afirmou Sérgio Guerra. "Tenho certeza de que o povo não vota mais em nenhum de nós", concluiu. Esperamos que a profecia se concretize.

Bernardo Staut

2 comentários:

Newton disse...

Se depebder de do meu voto esses fdp's não voltam!

Carlos H disse...

Pena que a maioria de nossos eleitores não lêem, não se informam e no final ( isto os políticos já sabem e por isso continuam a realizar estes absurdos contra a sociedade), os mesmos ou a grande maioria de conhecidos da população, com dinheiro para a campanha e com alguma história de poder político em alguma região do País voltam a se reeleger. Exemplos não faltam Collor, Sarney, Malluf, Ratinho Junior e muitos outros que faltaria espaço para serem citados.