Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

sexta-feira, 6 de junho de 2008

CARTA AO PRESIDENTE LULA

recebi do meu amigo Juliano, uma carta enviada ao presidente Lula, falando de uma maneira bem direta, e com conhecimento bem forte da causa, sobre essa história toda da Amazônia, que tem recheado pautas de jornais e revistas pelo mundo afora nos últimos dias

segue a carta:

Brasília, 9 de maio de 2008.
Sr. Presidente Lula, Vossa Excelência, por ser ignorante ou embusteiro, não sabe ou finge não saber que antigamente a Linha de Tordesilhas delimitava as fronteiras do Brasil. Assim, quando Cabral chegou ao Brasil, a Amazônia e todo o atual Centro-Oeste brasileiro pertenciam à Espanha, não a Portugal, desde 1494. Foram os portugueses que nos legaram a Amazônia, com sua ocupação física e a manutenção daquela imensa área, com a construção de inúmeras fortificações militares, como o Forte Príncipe da Beira, no Amazonas, em 1776. E quem tomava conta desses fortes? Não eram os índios, Sr. Lula, eram os militares - assim como, até hoje, são os militares os únicos que se sacrificam servindo em Pelotões de Fronteira, tanto na Amazônia, como no Pantanal matogrossense (Forte Coimbra), enfrentando a malária, ONGs e sujeitos despreparados como o Sr., e são os únicos que têm condições reais de manter aquela extensa área sob o domínio do Brasil, área essa que outrora era denominada de Hiléia ou Inferno Verde. Índio nunca tomou conta de nada, Sr. Lula, já que não tinha condições bélicas para enfrentar os bandeirantes portugueses e brasileiros, muito mais bem-armados. Em 500 anos, os índios não aprenderam sequer a plantar feijão e arroz, e criar algumas galinhas, para seu sustento próprio, por isso exigem hoje esses latifúndios raposânicos e ianomâmicos em Roraima. Para que o Sr. tome conhecimento do histórico de ocupação da Amazônia, sugiro que leia a monografia do coronel-aviador Márcio João Zanetti, disponível no endereço http://library.jid.org/en/mono45/Zanetti%20.pdf.
Presidente Lula: volte à escola, já que no passado o Sr. fugiu do Mobral!
Atenciosamente, Félix Maier Capitão do Exército - QAO R/1

thunder

2 comentários:

mika disse...

e ainda falam em 3º mandato...

1 de nós 2 disse...

pelamordedeus

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ironizou o resultado da pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira que apontou o mais alto nível na avaliação positiva do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde a posse dele no primeiro mandato, em 2003.

"Não vi a avaliação, mas não fico surpreso com mais nada no Brasil", disse FHC a jornalistas após realizar palestra promovida pelo PSDB.

A pesquisa Ibope mostrou que a avaliação ótima ou boa da gestão do presidente Lula subiu para 58 por cento em março, em comparação com os 51 por cento dos entrevistados na sondagem anterior, em dezembro. Apenas 11 por cento consideram o governo ruim ou péssimo.

(Reportagem de Carmen Munari - UOL Notícias)

eu não falo mais nada

thunder