Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina

quinta-feira, 3 de abril de 2008

ATÉ QUE ENFIM

Hoje contarei uma historinha pessoal, que por livre e espontânea vontade, não contaria aqui, mas que uma situação ocorrida essa semana me fez ter vontade de contar. Seenta que lá vem a história. Acontece que quando eu era pequena, talvez 8 ou 9 anos, eu era coroinha. Sim, eu era. O padre em questão era um tal de Avelino Backes. Nós, todas as guriazinhas e os gurizinhos íamos lá na paróquia para sermos ensinados pelo padre a como proceder durante as missas. Acontece que esse padre as vezes deslizava a mão onde não devia. Leia-se por fora da roupa e muito de leve. E nós, na nossa santa (essa santa mesmo) ingenuidade, não percebíamos o que estava acontecendo. Lembro que depois de alguns anos, lembrando do ocorrido, me liguei que aquilo estava errado e contei pra minha mãe. Ainda bem que nada de mais aconteceu. Isso faz muito tempo atrás. Ontem, quando falei com minha mãe pelo telefone, ela me disse que o tal padre tinha sido preso. Fui pesquisar na internet e sim, Avelino Backes foi condenado a sete anos de prisão, em regime inicialmente fechado, pela prática de atentado violento ao pudor contra meninas das paróquias de Piratuba e Ipira, em Santa Catarina. Segundo o site Globoonline, os crimes teriam sido cometidos na década de 90 contra crianças entre nove e dez anos. Nossa, é isso mesmo. Então esse ser pedófilo continuou atacando por mais quase quinze anos? Naquela época, ele já era um senhor de idade, deve estar muito velho agora. Demorou para ser pego, mas tomara que mofe na cadeia, o que eu acho muito difícil. Pelo menos isso se tornou público, e o pedófilo foi desmascarado.


Rafaela

Um comentário:

Ben Delai disse...

Antes de começar,já começando quero dizer que admiro pessoas determinadas como você.

Se fosse autobiográfico usaria a palavra inconseqüente.Eu já me indispus porque não meço as palavras,não mando recados digo na lata.Sinto uma necessidade incontrolável de mandar ver,(eu falei incontrolável,falei também inconseqüente)...Não sei deu pra perceber isso no “nosso” pouco convívio.

E quero de chofre discordar que o padre em questão é diretamente culpado.Diretamente culpada é a igreja ou melhor ainda, a sociedade como um todo, que entre outras coisas insiste nesse insustentável,abominável... celibato.

Os problemas que o ser humano cria pra ele mesmo, não são tão simples assim de serem entendidos...

Por isso, pessoas com pouca capacidade de raciocínio vão dizer que existem pedófilos bem casados.Pior ainda...